sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Surpresa do céu

Os últimos dias aqui em Brasília tem sido muito quente, depois de mais de 100 dias choveu aqui, mas foi rapidinho e deu pra apagar mais a poeira. Hoje (30/09/11) por volta de meio dia tivemos uma bela visão do sol que estava envolvido por um circulo que se parecia muito um Arco-Iris, mas na verdade é um fenômeno bem raro chamado de Halo.
O Halo ocorre quando há nuvens muito altas, a mais de 6 mil metros de altura e nessas nuvens são encontrados pequenas partículas de gelo que quando refletidos pelo sol provoca esse lindo efeito.

As fotos não estão muito perfeitas até porque foi eu quem tirou da minha humilde câmera 12 megapixels, mas depois de uma Photoshopada até que ficou bonito!


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Nomes Bizarros

Quando trabalhava para o FNDE do Ministério da Educação atendia gente do Brasil inteiro e era comum atender nomer incomuns. Lembro que tinha feito uma lista dos nomes mais bizarros e encontrei ela, olha só:

01- Doliana Keite
02- Andarilho Altanaves Alves
03- Serafia Veronica
04- Aerica Alvoes
05- Hilderlanda Ferreira
06- Samaritana Gonzamota
07- Omilia Sueli
08- Tesila de Jesus (Sim, ele é um homem e não mulher)
09- Swiane da Silva
10- Creniulda Maria
11- Oranicio Menezes
12- Samirames Silva
13- Agdemaura Pianco
14- Alcilanda Regie
15- Kehrgisvalda da Silva
16- Deusilandia Silva
17- Flavia Hammerschmitt
18- Walkezya Nascimento
19- Hallynne Suelly
20- Esmerinda de Jesus
21- Octaildo Alves
22- Heroina Virginia
23- Alana Kieslley
24- Fysley Sampaio
25- Daffinekelly Silva
26- Denymagna Silva
27- Amaryllis Maria
28- Kaymmon Bruno
29- Edca da Silva
30- Gyrllaine Nathalia
31- Rivaneide Nery
32- John Lennon
33- Maria do Desterro
34- Theylla dos Santos
35- Edjacyra Matos
36- Kleydilan Bezerra
37- Twanny Soares
38- Egleyton Mota
39- Ayonna Lopes
40- Kerftien Kaifer
41- Maria Auxiliadora
42- Maxandra do Carmo
43- Guaraciara Cristina
44- Besijane Tessales
45- Roquemario Reis
46- Riseuda Maria
47- Hellyette Alves
48- Geuzimery Carvalho
49- Keitielly Pinheiros
50- Youseef Mahud
51- Maximina Maria
52- Escarlete Samily
53- Rock dos Anjos
54- Valdersinete Gançalves
55- Claus Kaiser
56- Chepas da Silva
57- Crisleysintes Medina

Ufa.. saudoso Caco Antibes

sábado, 17 de setembro de 2011

Sensacional!!

Estava vendo um vídeo da STA Travel e me deparei com um outro vídeo relacionado que achei sensacional!! Ótima edição de vídeo e uma boa música que condiz ao vídeo!!

 

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Mochilando por ai #003 - Oásis de Huacachina - Peru

Não é o Saara, mas tem areia, e muita, isso ai é o bairro de Huacachina na cidade de Ica no Peru, e claro, eu dei um pulo lá pra conhecer o Oásis e o famoso passeio de bug pelas dunas.

Lá existe um local chamado de Oásis de Huacachina, isso porque é um oásis literalmente, uma região cercada por dunas de areias brancas e no meio, do nada, um lago verde, com árvores e tudo mais! A lenda diz que a lagoa foi criada quando uma jovem princesa foi pega durante seu banho por um caçador, ela fugiu, durante uma longa perseguição a princesa acabou voltando para a piscina onde tomava seu banho e lá algo de estranho ocorreu, a piscina se tornou o lago, e o véu de suas roupas tornaram-se as dunas, e tem rumores que ela vive até hoje no fundo lago de Huacachina como uma sereia, bom se isso é verdade ou não eu não sei, mas até que é uma história interessante!


No primeiro dia que cheguei almoçamos em um restaurante bem legal, comemos o típico de lá que é "Pollo Saltado" que nada mais é macarrão com pedacinhos de frango, pimentão, cebola e batatas fritas, mas é gostoso, e almoçar ali no Oásis é algo que não tem preço. Em Huacachina fiquei hospedado no albergue Salve Tierra, diária S/.25,00 que eu não recomendo muito, o hostel é bem grandão mas anda meio abandonado mas foi através do hostel que fechamos um passeio que não deve ser deixado de lado quando for a Huacachina, o passeio de bug pelas dunas, saiu por cerca de S/.40,00 e eu super recomendo. Primeiro fomos aos bugs que são quadriciclos que parecem gaiolas com rodas, nelas cabem até 12 pessoas e depois seguimos rumo ao deserto e é incrível, o passeio é irado, são subidas e descidas radicais pelas dunas, pela nossas caras já deu pra perceber como é. Nessa gaiola foi eu e mais 3 amigos, só nós de brasileiros o resto eram tudo gringo, e devo admitir que gringos não tem reação, enquanto gritávamos escandalosamente, eles ficavam calados, nem se mexiam, são frios, tudo bem que depois de uma manobra entrou areia em nossas bocas, mas tem que ter alegria né!


Depois de muita aventura no Bug, fomos descer as dunas de Sandboard, o mais legal é que as dunas são imensas, e nós só percebemos isso depois que descemos e as olhamos lá de baixo, eu desci uma que devia ter uns 30 metros de altura e até hoje não acredito que fiz aquilo. É um efeito escada, pois quando você chega no fim de uma duna no Sandboard, você percebe que já esta no começo de outra e assim vai. Infelizmente não pude tirar fotos do Sandboard pois lá venta muito e um grão de areia, por mais pequeno que seja iria mandar minha máquina fotográfica pros ares.


Nas dunas é muito difícil de andar, areia afunda muito, o vento forte complica e faz muito frio, mas é uma delícia. Depois de muito Sandboard e muita manobra radical no bug o motorista nos levou até uma área mais plana, sem tantas dunas, apenas ao redor, para nós vermos o pôr do sol no deserto, realmente é lindo, mas não tão lindo quanto o pôr do sol no Salar de Uyuni. Aos poucos o sol ia indo embora e o tempo começava a esfriar, voltamos ao Oásis e só lá percebi que estava todo milanesa, com areia em todas as partes e se livrar de toda a areia, principalmente a do cabelo não é tarefa fácil, não há banho que facilite, o esquema é ir de toca, há e tem que ir de óculos viu, se não é impossível ficar de olhos abertos.


Lá no oásis é bem tranquilo, muito mesmo, pois as 22:30 as coisas já estão fechando. Lá é como se fosse um povoado, tem restaurantes e hotéis, se quiser badalação mesmo tem que ir a cidade de Ica que fica bem ao lado mesmo e de táxi sai baratinho. No Oásis tem o tal lago de águas verdes e pode navegar por ele com barquinhos ou pedalinhos, cada hotel tem o seu, ai você pega a autorização no seu hotel e vai lá, bom não é lá essas coisas mas até que dá pra relaxar bastante. Lembre-se bem, se você algum dia for em Ica no Peru, não deixe de visitar e se hospedar no Oásis de Huacachina e fazer todos os passeios. É um lugar realmente lindo.





quinta-feira, 15 de setembro de 2011

E houve boatos de que eu estava na pior... e estava!

Acho que ninguém aqui gosta de Hospital Público né! Bom nem eu, sempre que posso vou no particular, qualidade e atendimento bem melhores, se bem que alguns já estão ficando com superlotação.
Hoje acordei com uma puta dor nos rins... que dor infernal, ainda estou indeciso qual dói mais, um chute no saco ou cólica renal, uma coisa em comum as duas tem, não dá pra andar direito. Como meu convênio médio foi cortado e o hospital particular aqui em Brasília ficava um pouco longe da minha casa eu eu já não estava mais me aguentando fui pro público mesmo, e é um descaso, cheguei lá peguei uma fila do cão pra poder fazer a ficha, depois uma mulherzinha veio me chamar pra pegar meus dados de novo e ai sim encaminhar a um médico, eles falaram que pessoas no meu estado tinham preferência, mas pra falar a verdade eu não vi nenhuma!
Depois de muita frescura o tal do médico que vou te contar, não tava nem ai pra nada, e eu morrendo de dor e já ficando nervoso com a situação, o médio me mandou tomar uns remédios na veia e lá foi eu, tudo bem até a estagiária não saber aonde furar meu braço, depois de uns minutos ela fura (cacete de agulha) colocou umas drogas no meu soro e eu rapidinho fiquei no grau, só na paz, curtindo minha lombra sozinho...

video


Bom agora já estou bem, espero não ter que voltar lá de novo!! Vale muito a pena fazer um convênio, pagar um pouco mais por um atendimento melhor!!

40 anos de luta e amor pela natureza!

Hoje, 15 de setembro o Greenpeace completa 40 anos de existência e de batalhas em prol do meio ambiente. tudo começou em 15 de Setembro de1971 quando um grupo de pessoas saiu de Vancouver numa traineira caindo aos pedaços e uma ideia na cabeça: impedir testes nucleares numa ilha do Alasca. O barco afundou e o grupo não impediu os testes, no entanto, a viagem estabeleceu um forte elo entre os ativistas e as pessoas dispostas a apoiar suas iniciativas em favor da natureza. Hoje, o Greenpeace está em 40 países, suas ações têm o apoio de 11,6 milhões de ciberativistas e quase 3 milhões de doadores espalhados pelo mundo.

Veja abaixo o video de 40 anos da ONG.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

O pai da Aretuza!

Todo mundo lembra da Aretuza certo.. a gordinha pimposa que vomitou na montanha russa... pois é, vadiando pela internet eu encontrei um video semelhante e que me fez perceber que nunca se deve comer antes de voar de asa delta!
Reparem bem a cara da mulher, que finge não estar acontecendo nada, mas deve tá querendo soltar a cinta e cair dali!



E vocês pensando que o cocô que caia do céu era de pombo!!!

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Brasília Infernal #002

Ontem Brasília bateu mais um recorde de calor. Aqui na capital infernal federal foram registrados 33,3°C, superando o valor de 32° marcado no dia 10/09 e 31/08.

Essa foto foi tirada no Lago Sul com a visão da Ponte JK e o fogarel ao fundo!!

domingo, 11 de setembro de 2011

Setembro Negro! O dia em que a terra parou!

Os atentados terroristas do 11 de setembro ao World Trade Center foi o maior atentado terrorista de todos os tempos completam hoje exatos 10 anos. Mais de 2 mil pessoas que não conseguiram foram levadas a morte junto com as torres. No consulado americano de São Paulo houve uma homenagem as vitimas do atentado.


A seguir confira uma galeria de fotos do acontecido.

sábado, 10 de setembro de 2011

Brasília Infernal






















Não colegas, isso não é montagem, é assim que Brasília esta amanhecendo ultimamente. Lindo nascer do sol não?
Isso devido ao grande índice de calor e queimadas na capital federal, e eu como bom brasiliense devo admitir que não aguento mais esse calor infernal, hoje fez 32° mas o fogo e a fumaça deixa uma sensação de calor maior.
O distrito está em alerta, já foram consumidos mais de 9 mil hectares pelo fogo, a fumaça é muita e na sexta feira o saguão do Aeroporto Internacional de Brasília ficou tomado pela fumaça, obrigando os funcionários das empresas aéreas a trabalhar usando mascaras, aviões da FAB ajudam no combate aos incêndios, pois sozinhos os bombeiros não conseguem cuidar dos mais de 500 focos por dia. A seca em Brasília é uma das piores até hoje, já são mais de 90 dias sem chuvas e a previsão é que o calor aumente até a 2ª quinzena deste mês que é quando é previsto a primeira chuva da prima-vera.
Não é atoa que costumam dizer que Brasília tem apenas duas estações, Verão e Inferno!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Mochilando por ai #002 - Salar de Uyuni - Bolívia

Em mais uma de minhas aventuras por ai eu acabei parando neste lugar.. chão branco, céu azul e uma fina camada de água pra dar um toque final, isso ai é o famoso Salar de Uyuni ou Deserto de Sal conhecido também como "espelho do céu" isso porque tudo reflete nele devido a camada de água e fica na Bolívia!

O turismo no Salar é imenso, gente do mundo todo procura ir pra lá, e comigo não foi diferente. Pra chegar até lá é preciso ir para a cidade de Uyuni na Bolívia onde é comprado a travessia de 3 dias pelo deserto de sal num Jipe 4x4 e no final você decide se volta ou se prefere ficar na fronteira com o Chile. Fizemos o passeio pela Colques Tour num valor de B$466,00 2 dias, isso porque havia uma nevasca no deserto e por isso não pudemos fazer o tour de 3 dias. Quem foi nosso guia foi o senhor Luís que foi muito atencioso, a primeira parada é no Cemitério de Trens que era uma antiga ferrovia que ligava Uyuni as outras cidades para a pesada exploração de minério, depois de uma crise a ferrovia fechou, restando apenas as lembranças.



Depois de passar pelo Cemitério de Trens nós entramos de vez dentro do deserto. Antigamente o Salar era um lago salgado e pré histórico chamado Michin, quando o lago secou, deixou todo o sal. O Salar é enorme, um tamanho aproximado a 12.000² dando pra ser visto do espaço, e é conhecido como a maior planície salgada do mundo . Além da área ser grande e profundidade de sal é imensa, são 120 metros de sal pra baixo e estimasse que pode se retirar dali o equivalente a 10 bilhões de toneladas de sal. É sal que não acaba mais, e muita gente ali vive disso, garimpando!





Paramos em um certo ponto de garimpo, tiramos algumas fotos e partimos para o almoço, o Luís nos levou pra almoçar num restaurante/hotel totalmente feito de sal, lá comemos uma comidinha caseira bem boliviana que estava uma delicia, um grão que parecia arroz mas se chamava Quinua, carne de lhama, saladinha e refrigerante, ao lado do restaurante/hotel de sal fica o pico das bandeiras, são viajantes que vão e colocam lá a bandeira de seu país, da pra ver pela foto que estava lotado e a do Brasil tava ai, toda escondidinha e amassada mas estava. Ali ficamos mais um pouco fazendo a ciesta do almoço e apesar do sol estava muito frio, o que aumentava nossa preguiça, mas quando se está em uma aventura assim não há tempo pra preguiça.



Depois de comer, voltamos ao 4x4 e andamos, andamos e andamos, naquele deserto sem fim, é incrível pois só dá pra ver chão branco e céu azul, mais nada. Paramos pra tirar algumas fotos, incluso aquelas de dimensão igual a essa do dinossauro aqui do lado, funciona da seguinte forma, como o chão é branco e o céu azul não há como diferenciar muito o que esta perto e o que esta longe, então rende algumas fotos bem bacana, nessa do dinossauro estávamos todos lá longe e o brinquedo pertinho da câmera! O mais legal é que nessa área havia nevado na noite anterior e como o sal derreteu o gelo sobrou uma fina camada de água que refletia tudo!




Depois de andar mais um pouco chegamos a Isla del Pescado, que é um pedacinho de pedra no meio do Salar, dando a impressão de que era uma ilha, a vegetação nela é bem diferente, são cactos, enormes e antigos, havia um de 900 anos e outro com mais de 9 metros de altura. A ilha é imensa e tem muita subida, pra entrar nela tem que pagar 15 bolivianos e depois fazer a trilha pra subir ao topo, devido a altitude ficamos muito ofegante mas nada que estrague a aventura, lá de cima a vista do Salar é de morrer, uma visão panorâmica sem fim, muito mas muito bonito, depois de algum tempo descemos correndo para ver o por do sol no Salar que também é deslumbrante. Só que na descida nos perdemos, são muitas trilhas e no fim o Luis teve que subir pra pegar a gente, se não íamos perder o pôr do sol!




Fomos correndo pro 4x4 e o seu Luís nos levou mais adiante aonde não havia muita coisa para trabalhar o por do sol, logo ele começou a descer, e foi o por do sol mais bonito que todos que estavam comigo haviam visto na vida, o que rendeu muitas lágrimas de emoção para todos. O deserto tem um fina camada de água que reflete o céu, na hora do por do sol tudo é refletido e se olhar fixamente para o horizonte é como estar voando! Eu não sei explicar em palavras o sentimento de ver aquilo mas posso falar com toda convicção, foi a coisa mais bonita que já vi na minha vida. Já estava anoitecendo então voltamos para o carro e o seu Luís nos levou a um hotel totalmente feito de sal para dormimos, isso já incluso no nosso pacote.


Andamos no carro durante a noite e é incrível como o Luís não se perdia naquelas estradinhas, chegamos ao Hotel de Sal, que fica no meio do nada, e a noite ali é incrível, pois vi o céu mais estrelado da minha vida, dava pra ver as nuvens cósmicas srsr, quando entramos no hotel percebemos que não havia ninguém, ele estava fechado apenas para nós 7, muito chique né? Lá jantamos uma comidinha bem gostosa, tomamos um cházinho que até dona Elizabeth teria inveja e conversamos a madrugada toda bebendo licor pra ver se esquentava por causa do frio. Lá também apareceram 3 menininhas para cantar pra nós, tadinhas, claro que fazem aquilo com todos os turistas em troca de um dinheirinho, e nós as ajudamos também. Fomos dormir pois no outro dia seria o último dia de travessia.


Foi uma das piores noites pois fez frio abaixo de zero, muito mas muito intenso que nossas garrafas de água congelaram! Eu havia dormido com 2 blusas, 2 calças, 1 casaco de frio grande, toca, luvas, de bota e com 3 cobertores e eu congelei de frio, não dormi em nenhum momento. Acordamos bem cado e saímos de novo, já havíamos passado pela parte que seria do deserto de sal, agora passaríamos por outras áreas como desertos e lagoas, uma delas era o Ejercito de Piedras, ele fica no meio do deserto completo e são uma grande quantidade de pedras na vertical formando um aparente exercito e lá no fundo um vulcão.
Logo após rodar um pouco mais por grandes vales deserticos nós paramos para almoçar em frente há uma lagoa semi-congelada, o nome era Laguna Turquiri e era de uma beleza extrema, lá comemos um bom macarrão com empanado de frango. No local faz um frio enorme e venta muito o que piora as coisas, mas com uma paisagem dessas quem é que vai se importar né.



Depois do almoço o Luís levou a gente na melhor parte, na neve! Era um grande vale totalmente nevado e era a primeira vez que via neve na vida, de começo parece que é espuma ou glacê mas quando você chega perto ela é fofinha na parte recente que acabou de cair e dura na parte que está mais tempo, minhas tentativas de fazer um anjinho de neve foram frustrantes mas eu tentei, que nem um menino bobo.
Ficamos ali um certo tempo brincando e tirando fotos e lá no fundo é possível ver o Vulcão Ollagüe que estava ativo e até soltando fumacinha. Depois dali o Luís nos levou para Ollagüe na estação Alvaroa que é a fronteira Bolívia / Chile aonde o Mauro um amigo do Luís nos esperava para nos levar até o Chile. Bom mas essa história eu conto depois!
Conhecer o Salar e seus desertos ao redor foi simplesmente sensacional, a Bolívia apesar de um país pobre, reserva muito mais aos turistas.

Dissecando em 30


Você já viu alguma propaganda e ficou se perguntando, que diabos é isso?
Pois bem no Dissecando em 30 você pode entender melhor sobre isso.
O blog foi criado por alunos de comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda, e eles farão uma analise um tanto que ácida e critica mas bem humorada com algumas propagandas vinculadas na mídia.

Entre e confira!!!